REGIMES DE TRIBUTAÇAO

Por 150
em até 5x de R$ 30 sem juros
VER PARCELAS

Parcelamento:

  • 1x de R$ 150,00 sem juros
  • 2x de R$ 75,00 sem juros
  • 3x de R$ 50,00 sem juros
  • 4x de R$ 37,50 sem juros
  • 5x de R$ 30,00 sem juros

Disponível sob encomenda, 14 dias

Calcule o Frete e o Prazo de Entrega
loader
Nome Prazo de entrega Valor

REGIMES DE TRIBUTAÇAO

Adicionado ao carrinho!

Ir para o carrinho ou Continue comprando
DESCRIÇÃO
Esta obra foi elaborada para demonstrar de forma simples e por meio de exemplos práticos como as empresas devem apurar o imposto de renda e a contribuição social sobre o lucro nos regimes de tributação do lucro real, lucro presumido, lucroarbitrado, regime especial de tributação e simples nacional. Para apurar o imposto de renda e contribuição social sobre o lucro, as empresas precisam optar por um regime de tributação, e a escolha deste regime influencia diretamente no valor do imposto ou contribuição a pagar. A escolha inadequada pode acarretar pagamento indevido dos tributos. Para que isso não ocorra, é necessário que a empresa tenha conhecimento dos regimes de tributação do país. A escolha do regime tributário deve passar por uma análise do tipo de atividade da empresa, bem como o serviço ou produto explorado, pois esses itens podem ter procedimentos e benefícios fiscais que favorecem a uma redução da carga tributária. É certo que o regime do Simples Nacional, em geral, será a melhor opção, entretanto, dependendo do faturamento, e algumas vezes também da atividade (pois algumas são vedadas ao enquadramento no Simples Nacional) o contribuinte deverá optar pelo Lucro Presumido ou Lucro Real. Num cenário de grupos econômicos, onde uma empresa ou holding possui diversas sociedades, surge um problema no enquadramento do regime mais favorável, uma vez que um sócio que participe da sociedade de várias empresas, o faturamento de todas elas se somarão para referência do limite de faturamento dos regimes. Sendo assim, se faz necessário examinar até mesmo quais empresas esses sócios possuem e qual o resultado de seu faturamento, para a escolha do regime tributário. Apesar do faturamento ser determinante nessa escolha do regime tributário, outros aspectos devem ser levados em consideração, como uma empresa fora do enquadramento do Simples Nacional numa circunstância em que seus resultados não obtêm lucros, nesse caso, é prudente optar pelo regime do Lucro Real, uma vez que poderá não haver tributação do IR e CSLL em razão do prejuízo no lugar do lucro. Os benefícios fiscais da atividade, produto ou serviço da pessoa jurídica merecem ser estudados com cuidado, afinal, no regime mais benéfico, o Simples Nacional, exatamente por ser considerado em si, um próprio benefício à microempresas e empresas de pequeno porte, demais benefícios fiscais em geral não são permitido

Ficha técnica

Dimensões:
23,0cm x 16,0cm x 0,7cm
Páginas:
360
Acabamento:
BROCHURA
ISBN:
9786556750811
Código:
9786556750811
Código de barras:
9786556750811
Edição:
1
Data de Edição:
01/01/2005
Idioma:
INDEFINIDO
Peso:
720